DEPOIMENTOS


A Olimpíada foi uma experiência legal, pois eu não sabia muita coisa do assunto, mas como ganhei uma apostila, dei o meu melhor. Gostei do desafio e do assunto e acabei ganhando a Bolsa. Percebi como foi importante o ato de gostar de estudar e está sendo como um incentivo para mim. Espero melhorar graças a essa oportunidade.

Daniel Hazaf, 1º Bolsista da EDUKAI

Eu me chamo Gabriela, tenho 15 anos, gosto de desenhar, ver filmes, tocar instrumentos, e estudar um pouquinho. Eu conheci a edukai através da minha escola, a diretora apoiou o projeto e os alunos fizeram as provas. Estava muito animada, pq como eu estava no 9° ano dependendo da minha nota eu poderia conseguir uma bolsa de estudos o que iria me ajudar muito com os estudos que ficariam melhor. Eu estudei e acabei conseguindo o primeiro lugar com uma medalha de ouro e acabei conseguindo a bolsa. Os integrantes da edukai são pessoas maravilhosas, conversaram comigo, com a minha família, correram atrás para me ajudar e até hj continuam me ajudando se eu precisar. Estudar numa escola por bolsa foi uma realização muito grande, e a edukai me fez ter essa realização, nunca se passou pela minha cabeça essa grande oportunidade. Então aqui eu queria deixar os meus agradecimentos por toda equipe da edukai que se esforçaram para me ajudar, muito obrigada por fazer ser mais fácil alcançar meus outros sonhos.

Gabriela Tauana, Bolsista da EDUKAI
Paulo Rafael, Mentorado.

 

Meu nome é Paulo, atualmente me preparo para o vestibular do Instituto Tecnológico da Aeronáutica. Desde criança sou fascinado pela ciência o que me levou a ser atraído pela notoriedade e qualidade de ensino do Instituto. Graças à EDUKAI esse objetivo está cada vez mais próximo. Essa foi um pouco da minha experiência com o projeto:
No segundo ano do ensino médio, em 2015, recebi um convite para participação da segunda fase da OBMEP, na época eu não entendia direito o que era uma olimpíada científica, pensava que era somente uma prova como tantas outras, mas por sempre ter sido interessado em matemática a conselho de um professor resolvi fazer. 
Alguns meses depois fiquei sabendo o que havia sido premiado com uma Menção Honrosa e posteriormente invitado ao PIC - Programa de Iniciação Cientifica. Como um admirador da engenharia , desde criança ouvia falar sobre o estimado Instituto Tecnológico da Aeronáutica, "o lugar onde você precisava ser um 'gênio' para entrar", mas era apenas um sonho distante.
O professor do projeto nos disse que um de seus ex-alunos e atualmente estudante do Instituto Tecnológico da Aeronáutica nos daria uma palestra. No início pensei que seria apenas mais uma daquelas amostras expositivas onde assistimos e fica por isso mesmo, porém dessa vez era um pouco diferente, ele veio nos falar a respeito da EDUKAI
Achei o projeto bem intrigante desde a primeira vez que ouvi e logo me interessei em participar. Hoje, alguns meses depois dessas decisão, seria difícil contar quantas vezes tirei alguma dúvida ou recebi mentoração. Recentemente pude fazer uso de diversos livros que serão de extrema importância para minha formação acadêmica e com a ajuda de meu mentor foi possível a obtenção de uma bolsa para o curso de preparação IME-ITA no Olimpo, um dos colégios da capital.
Espero poder inspirar a geração futura da mesma forma que esse projeto me inspirou.
Com meus sinceros agradecimentos, saudações à EDUKAI.

 

Em 2015, ainda no primeiro ano do ensino médio, eu fui selecionada dentre tantos alunos do meu colégio- para participar de uma espécie de aulas de reforço.
Devo confessar: no início, pensei que seria só mais uma dessas reuniões semanais em que os professores revisam matérias que eu já tinha visto e que possuía certa dificuldade. E adivinhem? Era exatamente isso! Mas com um intuito diferente.
Eu vi pessoas, até então desconhecidas, insistindo em algo que nem mesmo o governo insiste: Educação. Na verdade, era mais que isso, eles insistiram numa sociedade melhor. Porque, honestamente, eu ainda não tinha ouvido da boca de nenhum educador palavras como: "Temos que ajudar aqueles que possuem menos que a gente!". E não eram tão somente frases ditas, elas eram sentidas!
Me recordo facilmente dos olhos do Augusto e da Nicole brilhando enquanto eles afirmavam: "Acreditamos que a solução para tantos problemas da nação é a educação. Por isso estamos aqui!" Sem contar a alegria que eles sentiram quando conseguiram arrecadar diversos livros para nos doar; e em meio largos sorrisos disseram: "Esses livros são presentes". Aquilo me inspirou! E hoje, após dois anos, eu tenho a convicção de que quando eu crescer eu quero ser igual à esse projeto: inspirador!

Larissa Cotrim, Aluna EDUKAI
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone